Dicas para fotografar melhor seu bebê

Não tem jeito, nós mamães sempre queremos registrar cada momento dos nossos pequenos. O primeiro dia de aula, a primeira papinha, as apresentações na escolinha, a formatura… Enfim, o fato é que não confiamos em deixar essas situações únicas guardadas exclusivamente em nossa memória. É preciso fotografar!!!

Se você é daquelas que vivem com uma máquina na mão, sempre pronta para fotografar cada novidade do seu filho, você vai adorar o nosso assunto de hoje. Isso por que, vamos dar dicas que podem melhorar a qualidade das suas fotos. Veja: 

 

 Antes de tudo,  segure a máquina com firmeza e certifique-se que o seu filho está descansado e bem disposto. Fotografar crianças com fome e sono não é nenhum pouco legal.  Durante as fotos, procure deixar os pequenos completamente a vontade. Deixe uma música rolando, converse com eles e pergunte sobre suas últimas atividades. Com isso, a criança olhará naturalmente para  a máquina. Além disso, desperte o espírito infantil que há dentro de você e faça graças. A situação faz com que o sorriso apareça tranquilamente.

Fuja do comum (mude e experimente novos ângulos), tenha paciência e utilize sua criatividade na hora de fazer as fotos. Busque a espontaneidade. Fotos espontâneas são as melhores.  E para manter a criança calma, use e abuse dos brinquedos.

Durante os ensaios não espere somente por sorrisos, caretas e fotos emburradas também valem. Além disso, tente fotografar os detalhes. Close nos pés, orelhas e até nas boquinhas.

Tente fotografar seu filho em ambientes neutros. Isso contribui para que as crianças sejam as verdadeiras estrelas da fotografia. Sabe aquele passeio no parque? Saque sua máquina durante ele e FOTOGRAFE. Crianças combinam com natureza.

No caso de bebês recém-nascidos, procure fotografá-los enquanto eles dormem. Durante o soninho, você pode ser contemplada com alguns sorrisos inusitados. 

As festinhas de aniversários, pedem fotos tradicionais. Aproveite para fotografar seu filho ainda no início da comemoração. Mais tarde, por conta das milhares brincadeiras, eles estarão desarrumados, suados e sem um pingo de disposição para serem fotografados. Então, programe-se!

Caso seu filho torça o nariz para máquinas fotográficas, procure participar das fotos. Os bebês se sentirão mais seguros com a mamãe e com o papai ao seu lado.  Além disso, desligue o flash e faça uso da luz natural e antes de se posicionar para tirar a foto, procure ficar na mesma altura que os pequenos. Vale agachar ou até mesmo deitar no chão.

 Você certamente já deve ter escutado que fotos são  memórias e recordações vivas. Portanto, anote nossas dicas e mãos à obra! Fotografar não é tão difícil quanto você imagina!

 

Veja dicas que lhe ajudam escolher o nome do bebê

 

A decisão de qual nome dar ao bebê deve ser tomada em conjunto. Envolva seu marido na discussão e se preferir peça a opinião dos demais membros da família. Pode ter certeza que eles vão adorar participar da escolha.

Livre-se dos caprichos e leve em consideração apenas o bem estar do seu filho. Pense se ele se sentirá confortável sendo chamado assim pelo resto da sua vida. Nomes incomuns,  podem gerar apelidos embaraçosos no futuro. Na dúvida, opte pelo simples. Além disso, atente-se as homenagens e as criações de nomes compostos. Algumas junções podem soar estranhas.

Faça uma listinha com os nomes que mais lhe agradam e a tenha sempre em mãos. Assim, quando escutar um nome bonito, você pode anotá-lo e mostrá-lo para o seu marido ou amigos.

Use sua criatividade e originalidade. Se a decisão estiver muito difícil, pesquise o significado dos nomes. Outra dica é escrever cada opção no papel. Teste sua pronúncia e combine-a com os sobrenomes da sua família.  A ideia pode ajudar bastante na escolha final.

Se preferir, tome a decisão após o nascimento do bebê. Espere para ver a carinha do seu filho. Com certeza você achará um nome que combine com o seu jeitinho.

A dieta pode desempenhar um papel importante na qualidade do esperma


Um estudo  espanhol descobriu que manter uma alimentação balanceada, pode afetar, de forma positiva, a fertilidade masculina.

Os pesquisadores  constataram que os homens que comem mais frutas e verduras, ricos em antioxidantes, possuem um esperma de melhor qualidade.

Mel de abelha, grãos como soja e amêndoa, frutas, principalmente as vermelhas e vegetais de cor verde escura, são considerados aliados do homem que busca ter filhos.  Na hora de montar o prato, evite  carne  vermelha e leite. Segundo pesquisas, eles reduzem a fertilidade masculina.

Praticar regularmente exercícios físicos e mudar alguns hábitos alimentares é uma ótima maneira de preservar a saúde do coração e ainda diminuir o risco de uma possível deficiência reprodutiva.

Cuide-se bem, regule sua dieta e fique em dia com a sua saúde.